Carlos Vereza

Loading...

MENU

Navegue pelas veredas do Vereza clicando nas opções abaixo:

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

A CRIANÇA E O GATO.

Uma criança de três anos morre afogada numa praia da Turquia quando seus pais tentavam fugir da guerra na Síria. Assim, descrita friamente, é mais um número na cruel estatística de milhares de imigrantes em busca de uma vida mais digna. Fatos que dispensam explicações religiosas ou fatalistas. Esta criança é a minha indiferença. A indiferença de um mundo, que, além de ser de provas e expiações, é, sobretudo, a historia de um planeta de permanente sofrimento desde seus primórdios. Os fatos esbofeteiam minhas "certezas", minhas confortáveis "esperanças". Enquanto isso o noticiário de todos os meios de comunicação retratam, diuturnamente, as estripulias de um gato que caiu de um quarto andar, e, felizmente, ao contrário da criança de três anos, passa bem, obrigado. Domingo tem jogo no Maracanã

Nenhum comentário: