Carlos Vereza

Loading...

MENU

Navegue pelas veredas do Vereza clicando nas opções abaixo:

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

ILUSÃO À TOA.


Quando o comunismo "acabou" na antiga União Soviética o mundo civilizado e democrático acreditou-se aliviado. Ilusão à toa, como cantaria o genial Jhonny Alf;

Depois de um tempo, dissimulado em autocriticas para consumo interno e externo, voltou-se para a America Latina; e com Fidel, Lula e Chaves, instalou o Foro de São Paulo com total mudança de estratégia: não mais luta armada ou tomada do poder pela insurreição revolucionária;

Agora, era retomar a O Decálogo de Lênin, A Escola de Frankfurt, Gramsci, O Fabianismo e dissolver os regimes democráticos "por dentro", apresentando-se com discursos liberais a favor do mercado;

E, assim fizeram. Começaram pelo flanco mais sensível e indefeso: a educação infantil. Corromper quem poderia ser, no futuro, adultos conscientes e esclarecidos;

Ideologia de gênero, a suposta diversidade sexual, "exposições" com o propósito de erotizar crianças e adolescentes, e a sinistra escola com partido;

Ter,  como alvo principal, o Brasil, que por sua importância como repercussão politica e dimensões continentais, serviria a contento como influência para os demais países da região;

E, assim foi e está sendo feito, contando com a passividade da população brasileira, mais preocupada com o carnaval que se aproxima e o resultado do brasileirão.

Carlos Vereza.     

Nenhum comentário: