Carlos Vereza

Loading...

MENU

Navegue pelas veredas do Vereza clicando nas opções abaixo:

sábado, 30 de outubro de 2010

ÚLTIMO DEBATE!

Último debate. Prestei mais atenção na linguagem corporal dos dois candidatos, porque a biografia de Serra é transparente, a de Dilma, é de servir de biombo para o terceiro mandato de Lula.Entendo, que um dependente da bolsa-esmola, vote na Dilma. O que é dificil de compreender, são artistas e intelectuais,com um certo discernimento, apoiarem uma pessoa sem nenhuma graduação, a não ser os cargos ocupados por indicações politicas, e ter desmantelado as finanças, quando exercia a função de secretária da fazenda da prefeitura de Porto Alegre, e ter mentido sobre o seu curriculum,
na apresentação de sua, digamos, estória...

Voltando à linguagem corporal: Serra, tranquilo, expondo suas idéias com clareza, relax, e Dilma, compacta, não respondendo às perguntas e circulando acintosamente, pelas costas de Serra, enquanto o candidato respondia às perguntas dos indecisos.

Repugnante, que, menos de 10 minutos após o término do debate, o Datafolha,  já divulgava uma "pesquisa" dando uma vantagem de 10 pontos a favor de Dilma...

Sobre a minha postura, enquanto espirita, e me posicionando politicamente: praticar a caridade, não é apenas para com o próximo, mas também para com o meu  país, quando ele está em vias de tornar-se
uma ditadura sindico-pelego-comunista, comandada por "lideres", mancomunados com os piores ditadores do planeta.

Ser espirita, não significa viver em uma redoma, como os essênios, que viviam fora das "tentações" do mundo...Inútil, petralhas, por aí, vocês não me pegam, sobretudo porque tenho autorização das minhas Entidades, que avisam, através de comunicações e vidências, sobre as nuvens negras sobre o Palácio do Planalto.

Concluo, rogando à São Ismael, protetor do Brasil, que possa iluminar as mentes de todos os brasileiros que escolherão nas urnas, o ser que governará o Brasil pelos próximos 4 anos!

ESTAMOS JUNTOS!

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Não chore: amanhã tem filme de Carlitos...

A última semana. Uma mentira repetida mil vezes... Frase mais que conhecida e assim mesmo inútil. Faca na pedra, afiada faca: amigos que se fanatizaram a tal ponto, que ainda os considero amigos, perdidos?

Espero que não. Mas que tenho a ganhar, senão a solitária calma, a honrada calma de olhar filhas e filho; esperar que compreendam que joguei a minha precária e louca estória para dar-lhes uma digna história, embora roubando à minh'alma a calmaria, a introspecção pretérita, em nome de uma causa, sem rosto, sem nada...

A honradez de um homem: e agora, José? Sua biografia sem mácula, contra uma patuscada, armada e "amada" por um povo dementado, guiado por um louco autoidolatrado, igualando e modificando fatos, segundo sua deformada imagem.

Os grandes homens, desapareceram na curva da memória; restou a farsa, a lança quebrada de retardatários Quixotes, sem moinhos, sem ventos, sem (principalmente...) Dulcinéias ou Rocinantes... Quem me dera, como Drummond, ter apenas duas maõs e o sentimento do mundo... Drummomd se foi... A rosa do povo se foi... Mas restaram os versos, agora, solilóquios sem platéia; não mais aplausos, somente urros, o medo, a esquina proibida, a cortina rasgada, o amor adiado... ele, o esperado...

Mas é preciso algum traço de dignidade, um guardanapo de linho, um travesseiro de penas, algo que dê algum sentido à um previsivel cotidiano em um país de sol a pino, langoroso, precocemente envelhecido.

Os intelectuais de gabinete, reclamam do melancólico oposicionista, honesto, de indisfarçáveis olheiras biografia inatacável, que importa? Perderam-se no jogo de espelhos, na busca do tempo perdido, no bonde perdido das perdidas ilusões; envelheceram com suas idéias, na projeção de um  lider de papelão...

O timido José, é sóbrio, competente... Mas em Fevereiro tem carnaval... É preciso aumentar a geral do Maracanã, a banda larga, vai alargar a comunicação e diminuir o déficit de atenção, o que será uma rima mas não uma solução...

Enfim, escrevi um texto para mim mesmo; quem quer saber de bom senso? Se o digno homem de olheiras, não for eleito, nem textos mais teremos...Estaremos ao sabor do Grande Irmão, que cuidará dos nossos dias, cuidadosamente, permanentemente... talvez, eternamente...

Estamos Juntos!

                                                                                                                                   

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Carlos Vereza fala ao “Telegraph”

Carlos Vereza fala ao “Telegraph”
27/09/2010

O ator Carlos Vereza, colaborador do Instituto Millenium, foi um dos entrevistados para a matéria que o jornal britânico “Telegraph” publicou sobre Dilma Rousseff. O jornal apresenta um perfil da candidata como “A ex-guerrilheira marxista que poderá se tornar a primeira mulher presidente do Brasil”. Na matéria, Vereza fala que Lula escolheu Dilma como uma maneira de exercer um terceiro mandato, e manifesta seu temor de que o Brasil venha a se tornar uma cópia da Venezuela de Chávez, com censura à mídia.

The former Marxist guerrilla who is set to become Brazil's first woman president

She is a former Marxist guerrilla whose organisation once stole $2.5 million from the safe of the governor of São Paulo.

Yet others have not been swayed. Carloz Vereza, a popular actor and political blogger, told The Sunday Telegraph: "Dilma doesn't have any experience. She has always made appointments on the basis of party allegiance, not merit. 

"Lula chose Dilma because Dilma means a third Lula term and the continuation of his populist-authoritarian project. She's only doing so well in the polls because his government ignores all the institutional limits on power and manipulates the population through welfare programmes." 

He predicted that as president, Ms Rousseff would censor the media, appoint cronies to key jobs and turn Brazil into a "carbon copy" of Venezuela under Hugo Chavez, the country's firebrand socialist leader.

Additional reporting: Philip Sherwell in New York and Andrew Downie in São Paulo

http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/southamerica/brazil/8010954/The-former-Marxist-guerrilla-who-is-set-to-become-Brazils-first-woman-president.html

Mephistos Tropicais

Alemanha, 1930. Hendrik Höfgen é um ambicioso ator que não se interessa por política, se dedicando somente à sua carreira. Porém, quando os nazistas começam a tomar o poder, ele aproveita a oportunidade para interpretar peças de propaganda nazista para o Reich, e logo acaba se transformando no mais popular ator da Alemanha. Consumido pela fama, Hendrik agora precisa sobreviver em um mundo onde a ideologia do mal é seu pior pesadelo e o verdadeiro preço da alma de um homem, se transforma na medida mais desprezível de todas.


Ao ver o apoio de certos artistas e intelectuais a Sra. Dilma Roussef, somente no segundo turno, veio-me a lembrança um maravilhoso filme alemão, Mephisto (1981)– direção Istvan Szabo, interpretado pelo ator Klaus Maria Brandauer; fiel às classes oprimidas, termina sendo cooptado pelos nazistas, que ao troco (sic) de todo um apoio as suas ambições artísticas (leia-se patrocínio...) exigem do artista sua total submissão ao regime.

Tais considerações, tornaram-se mais evidentes, ao ler um artigo do Sr. Aderbal Freire Filho, fiel eleitor do Lula, onde tece considerações entusiásticas ao Grande Timoneiro, colocando-o em patamares até então não atingidos sequer pelo mais fanático admirador do Sr. Da Silva.

O Sr. Diretor Aderbal, chega ao ponto de extasiar-se com a política externa do atual governo, olvidando-se (belo idioma, o espanhol...) das trágicas parcerias efetuadas entre o Itamaraty do B e os piores ditadores do planeta.

Cita entusiasmado os prêmios recebidos por Nosso Guia no exterior, não tendo conhecimento, que um deles, o Chatham House, em Londres, fora patrocinado pela Petrobras, BNDS e o Banco do Brasil, entre outras estatais.

Eufórico, lembra os 81% de aprovação de Lula, num momento em que os institutos de pesquisas são vistos com descrédito pela parcela consciente da sociedade.

Enfim, para deixar mais do que claro sua adesão ao Descobridor do Brasil, utiliza-se de metáforas futebolísticas, para alegar supostos preconceitos contra o Capitão do time...

Plano final - grande angular: Belo e instrutivo filme, Mephisto.

Agora em versão tropical!

Carlos Vereza


(CARTA DIRIGIDA AO EDITOR ALUIZIO MARANHÃO DE O JORNAL O GLOBO E RECUSADA A SUA PUBLICAÇÃO, POR EU NÃO CONCORDAR COM CORTES SUGERIDOS NO TEXTO!)

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Blasés tropicais!

Constato, com uma certa ironia, formadores de opinião, artistas e intelectuais, entediados com os debates politicos, como se fosse possivel que, em um país com mais de 15 milhões de analfabetos e, outros tantos  milhões de párias sociais, anestesiados por incontáveis "bolsas", tivéssemos confrontos semelhantes, à digamos por exemplo, Norman Mailer de um lado, e do outro, Hanna Arendt...

É claro, que não comparo Hanna, à senhora Dilma; trata-se apenas de uma modesta metáfora, para os tropicalístas blasés, que, esquecidos da histórica alienação tropical, colocam-se sempre como "alternativos" ao senso comum brasileiro, que oscila entre a indiferença e o conservadorismo.

O que temos: dois candidatos, que são de algum modo, a expressão da sociedade da qual fazem parte. O que devo fazer para escolher o que melhor representará, enquanto presidente do país, aquele ou aquela (em nosso caso), que apresentar uma biografia, que lhe dê aval para um cargo de vital importância.

Vejamos, em primeiro lugar, a senhora Dilma Roussef. Lutou contra a ditadura militar por meios que considerava os mais justos: a ação armada. Foi presa e torturada; consequência de suas escolhas. Sabemos, que a luta armada, acirrou o massacre de vários heróis, que fizeram essa opção, inclusive, para militantes de outras organizações, como era o meu caso, membro do Partido Comunista, que não apoiava a luta armada, por saber, que não existía apoio por parte da população; a história confirma o  acerto da posição do partido, o que não impediu, que eu fosse igualmente sequestrado e torturado, por esconder um amigo, muito procurado pela ditadura militar...

Terminada a ditadura, a senhora Dilma, passou de um polo ao outro: adaptou-se ao sistema, que antes combatera, conseguindo vários cargos, sempre por indicação politica, ingressando posteriormente, no PDT, e bem mais tarde, com a eleição de Lula, "filiando-se" ao PT...

Nomeada para a Casa Civil, com a "demissão" de José Dirceu, por chefiar a quadrilha do mensalão, Dilma foi indicada para o cargo, que continuou a ser vitrine de escândalos. Pinçada por lula, sem prévias partidárias, para disputar a presidência do país, Dilma, indicou a senhora Erenice Guerra, que dispensa maiores apresentações, para ocupar a malfadada casa...

O que sabemos sobre o outro candidato, José Serra? Presidente, quando jovem, da UNE; por ocasião do golpe militar, foi obrigado a exilar-se, ficando fora do país, cerca de 14 anos, formando-se em economia com pós doutorado na Universidade do Chile, e doutorado em economia pela Universidade de Cornell.

Com a anistia, retorna ao Brasil, e elege-se, consecutivamente, deputado, senador, prefeito e governador de São Paulo, sem contar a sua brilhante participação no governo de Fernando Henrique Cardoso, como ministro da saúde. Lutando contra poderosos interesses, criou os genéricos, ampliou os medicamentos para o tratamento de portadores do HIV, quebrando várias patentes internacionais, e importando o chamado coquetel, que tem prolongado a vida dos que foram vitimas da infecção!

Participou, ativamente, da criação do Real, que enfrentou a feroz oposição de Lula e Dilma Roussef; teve participação decisiva, no fundo de amparo ao trabalhador, e tem uma biografia inatacável, ao contrário de sua opositora, que mentiu sobre seu curriculum, e que jamais obteve um cargo, que não fosse por
indicação politica.São fatos, que o PT, como sempre tenta distorcer!

Concluindo: Serra, participou, com Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso, Gustavo Franco, e tantos outros, da verdadeira revolução brasileira, debelando uma inflação de 20% ao mês, fixando a Lei de Responsabilidade Fiscal - já desrespeitada por Lula-, e uma politica externa, que jamais admitiu, qualquer tipo de relacionamento com ditaduras, fossem de direita ou de "esquerda!"

Voltando aos blasés: contestem com fatos, e não spleens europeus, a verdadeira história recente do Brasil!

Estamos juntos!

sábado, 16 de outubro de 2010

A mentira como negação de si.

Tenho notado no facebook, algumas posturas antiamericanas: é tudo que Lula e Dilma desejam. Embora seja o nosso maior parceiro comercial, a "politica externa" petista, tenta adular a "esquerda" internacional, esperando obter apoio para enaltecer "O grande estadista" da América Latina, e, posteriormente, elevá-lo, ao cobiçado cargo de primeiro secretário da ONU...

Com o ego, completamente destroçado, matérias são pagas à grandes jornais e intituições, enaltecendo o "Timoneiro", que levará o mundo a sua eterna e definitiva salvação... A mais recente demonstração de descontrole, beirando a sociopatía da precária figura, foi sua declaração de que (sic) " A opinião pública, somos nós!"

É evidente, que os EUA, não são exatamente os mocinhos da História, mas daí, a satanizá-los por todos os erros ocorridos no planeta, é esquecer, deliberadamente, a loucura islamita,evidenciada em psicopatas, como Ahmadinejad, que repete à exaustão, sua pretensão de "varrer Israel do mapa!"

Em verdade, não existem mais "paises",como compreendíamos; o que formou-se, sobretudo após a recente crise mundial econômica, são corporações, que deslocam seus investimentos à velocidade supersônica em paises cujos juros lhes sejam mais favoráveis. (vide o Brasil...)

O volume impressionante, de informações, que biológicamente, não temos condições de absorver, democratiza em segundos, "certezas" que revelam-se superadas, e substituídas por outras, que por sua vez, igualmente em segundos deixam de existir.

Aos que não se conformam com as irreversíveis mudanças, resta a mumificação ideológica (caso de Plinio Arruda Sampaio...) ou a mentira como "estratégia" Granscista...(Lula, Dilma e todo o PT!)

"O ser humano não é somente o ser pelo qual se revelam negatividades no mundo. É também o que pode tomar atitudes negativas com relação a si.(...)Convém escolher e examinar determinada atitude que, ao mesmo tempo seja essencial à realidade humana e de tal ordem que a consciência volte sua negação para si, em vez de dirigi-la para fora. Atitude que parece ser a má-fé."
  
 O Ser e o Nada. Jean Paul Sartre.

 Com a subida de Serra, estamos mais que nunca, Juntos!

domingo, 10 de outubro de 2010

SEGUNDO TURNO!

Aproxima-se o segundo turno. Aproxima-se a decisão sobre os destinos do Brasil! Cuidado, o PT é capaz de chegar ao horror para permanecer no poder. Eles mentem diuturnamente; mudam de opinião como copos descartáveis.

Dilma, até a semana passada, era a favor do aborto; agora, é a "católica" mais fervorosa do país... Lula, quando era da mais covarde oposição, esbravejava contra as bolsas criadas no governo de Fernando Henrique Cardoso; no poder, falido o" Fome Zero ", anestesiou a nação, com bolsas de toda espécie...

Franklin Martins, o Goebbels dos trópicos, delira com o projeto petista de cercear os meios de comunicação, enquanto o MST, aguarda "quieto", o resultado das eleições... É interessante lembrar, que Dilma mentiu mais uma vez, quando afirmou que jamais colocaría o boné da quadrilha; meses atrás, foi fotografada com o ameaçador adereço...

Enfim, que Jose Serra, seja incisivo, não se limite a temas municipais (embora sejam válidos!),e parta para o ataque, denunciando as trapaças do Grande Timoneiro, o aparelhamento pela "companheirada", a repentina fortuna do neto do Brasil, e não tenha receio de defender as privatizações, o Real, e sobretudo, os governos de Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso!

Estamos, mais que nunca, juntos!

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

2010 - Cristais Quebrados

Não é necessário ser profeta, para revelar antecipadamente o que será o ano eleitoral de 2010. Ou existe alguém com tamanha ingenuidade para acreditar que o "fascismo galopante" que aparelhou o estado brasileiro, vá, pacificamente, entregar a um outro presidente, que não seja do esquema lulista, os cargos, as benesses, os fundos de pensão, o nepotismo, enfim, a mais deslavada corrupção jamais vista no Brasil? Lula, já declarou, que (sic) "2010 vai pegar fogo!". Entenda-se por mais esta delicadeza gramatical, golpes abaixo da cintura : Dossiês falsos, PCC: "em rebelião", MST convulsionando o país... Que a lei de Godwin me perdoe - mas assistiremos em versão tupiniquim, a Kristallnacht, A Noite dos Cristais que marcou em 1938 o trágico início do nazismo na Alemanha. E os "judeus", serão todos os democratas, os meios de comunicação não cooptados (verificar mais uma tentativa de cercear a liberdade de expressão no país: em texto aprovado pelo diretório nacional do PT, é proposto o controle público dos meios de comunicação e mecanismos de sanção à imprensa). Tudo isso para a perpetuação no poder de um partido que traiu um discurso de ética e moralidade ao longo de mais de 25 anos e, gradativamente, impõe ao país um assustador viés autoritário. Não se surpreendam: Há todo um lobyy nacional e internacional visando a manutenção de Lula no poder. Prêmios, como por exemplo, o Chatham House, em Londres, que contou com "patrocínios" de estatais como, Petrobrás, BNDS e Banco do Brasil, sem, até agora uma explicação convincente por parte dos "patrocinadores"; matérias em revistas estrangeiras, enaltecendo o "mantenedor da estabilidade na América Latina". Ou seja: A montagem virtual de um grande estadista... Na verdade, Lula, é o übermensch dos especuladores que lucram como "nunca na história deste país". Sendo assim, quem, em perfeito juízo, pode supor que este ególatra passará, democraticamente a faixa presidencial, para, por exemplo, José Serra, ou mesmo, Aécio Neves? Pelo que já vimos de "inaugurações" de obras que sequer foram iniciadas, de desrespeito às leis eleitorais, do boicote às CPIs, como o da Petrobás, do MST e tantos outros "deslizes", temos o suficiente para imaginar o que será a "disputa" eleitoral em 2010. 
Confiram.

sábado, 2 de outubro de 2010

DIGNO COMBATE!

Escrevo na madrugada de sábado. Este espaço, foi, diuturnamente, voltado para o solitário combate, denunciando uma apatia covardemente manipulada por esquemas mafiosos, travestidos de idealístas "salvadores da pátria."

Muitas vezes ferí minh'alma...Gostaría de falar sobre temas mais amenos; a sobrevivência da alma, minha incurável melancolia, da minha emoção ante a beleza em todas as suas formas... Mas no tempo que me deram para viver, deparo-me com loucos, ávidos de poder, explorando um pobre povo, com a mentira erguida em pedestal, orquestrada por um sociopata, ponta de lança de corporações que perderam qualquer noção de dignidade, onde o TER, adquiriu valores absolutos!

Amigos seguidores me acompanharam nesta luta solitária, madrugadas ,atropelando pontos e vírgulas, a fadiga depois de horas de gravação; tornei-me "inimigo do povo...", minoría sendo massacrada pela burra unanimidade, porque percebemos a peste infiltrando-se no inconsciente coletivo, carente, eternamente, de um PAI DO POVO... Da volta de DOM SEBASTIAN...

Lula...O esperto...O que manipula o bolsa familia, anteriormente condenado por ele...José Dirceu, tripudiando sobre seus pretéritos ideais, intermediando negociatas, via Dilma Roussef, para o "caixa dois..." da campanha, onde o "CÉU É O LIMITE..."

José Serra, honesto e competente, com uma biografia inatacável, a tal ponto, que nem o PT, consegue encontrar um único ponto vulnerável em sua biografia.

Não sei, seja qual for o resultado das eleições, se continuarei com este blog, mas com certeza, o guardarei, porque tenho certeza, que combatí o digno combate.

                         CARLOS VEREZA.                ESTAMOS JUNTOS!