Carlos Vereza

Loading...

MENU

Navegue pelas veredas do Vereza clicando nas opções abaixo:

domingo, 13 de setembro de 2009

Plano Geral

Como eu trabalho entre 8 à 10 horas por dia, não tenho tempo nem habilidade digital, para manter uma continuidade no meu – repito -, despretensioso blog. Qual não foi minha surpresa, com o evidente auxilio de uma de minhas filhas, ao constatar que mais de três pessoas tinham acessado meus rabiscos... Vou tentar um comentário geral: aos que concordam com os meus textos, obrigado; aos enfurecidos do PT, obrigado, mais ainda. Não sou partidário do pensamento único (tão caro aos lulistas), daí o titulo: Nas Veredas do Vereza. Tentarei responder, inicialmente, aos questionadores, sobre minha suposta “autoridade teológica”: Realmente, estou a anos-luz do mestre São Tomás de Aquino, apenas dedico-me a estudar a trajetória da Igreja Católica Apostólica... e Romana, que deturpou, absurdamente os ensinamentos de Jesus. É fato histórico, que o Imperador Constantino, criou, com o Concilio de Nicéia, em 325 D.C. a estrutura do que viria a ser a Santa Madre Igreja (Podem pesquisar no “Google”, não me incomodo...). Mais chocados, ficarão os “devotos”, com o Concilio de Constantinopla, em 553 D.C. onde a imperatriz Teodora, esposa do imperador Justiniano, obrigou o marido, a substituir o termo reencarnação, por ressurreição, temerosa de sua vida pregressa nada louvável; temia voltar em uma outra vida em condições retificadoras ou punitivas... Não vou levantar questões “menores”, como a Inquisição, a “infabilidade” Papal, as Cruzadas, a venda de Indulgências, etc... etc... etc... Sugiro, como subsidio, a leitura (vejam bem: eu disse leitura, e não “Wikipédia”...) dos livros, Biografia não Autorizada do Vaticano, de Santiago Camacho, e, A vida Sexual dos Papas, de Nigel Cawthorne. Creio em Deus, em Jesus, na Virgem Maria, nos Santos e Santas, mas não posso imaginar o Filho do Homem, caminhando descalço, pelos corredores aveludados do vaticano, e, muito menos, Vê-Lo, sentado no trono papal, ornado em púrpura e ouro. Quanto à “parte política”: Lula e seus seguidores se merecem. Ponto. Aos de mentes e corações abertos - se tiverem paciência – leiam todos os meus textos, até agora, postados neste modesto meio de comunicação. Estudem rapazes.

5 comentários:

Katia disse...

Fiquei muito feliz quando encontrei esse blog. Assisti a uma entrevista sua no Programa do Jô, onde vc falava do filme Bezerra de Menezes e de suas pesquisas e experi~encias com o espiritismo. Eu e meu namorado, José Ricardo estamos buscando informações sobre o espiritismo, já conhecemos a doutrina, os livros de Kardec... Agora estamos em busca de fenômenos de materialização e provas da existência dos espíritos. Sua convicção ao afirmar a existência dos espíritos muito nos chamou atenção e por isso gostaríamos um contato com vc, de informações sobre onde poderíamos buscar as tais provas e os fenômenos de materializaçõs. Ficaremos muito agradecidos se puder nos ajudar. Obrigada
Katia

Natália Parreiras disse...

Saudades, meu querido!

Degustei com calma mais uma vez suas colocações e mesmo com certa limitação de conteúdos mais específicos, aprecio e muito o que é capaz de ensinar por meio de teus artigos.
Precisamos divulgar mais esse espaço fundamental para uma geração que ou opta por extremismos ou fica espontaneamente alheia aos aspectos sociais, históricos e polítos do nosso país.
Aos que possuem este acesso, vamos dar a chance da reflexão sobre o "absoluto transitório" que é a razão dos homens.

Com o meu carinho,

Um beijo enorme!

Liz disse...

Querido Vereza:

Sou católica, conservadora, porém defendo a liberdade de pensamento até o fim. Julgo ler seus escritos de coração aberto,sabendo que nada no mundo é imune à críticas.
O que me soa contraditório é a postura anti-esquerda e anti-católica ao mesmo tempo.
Acho que foi o que a maioria estranhou, embora não possa falar pelos outros.

Sabemos também que muitas vezes a história é distorcida e você só citou livros e fatos contrários à Igreja, enquantos os benefícios dela também foram grandes.

SARASWATTI disse...

Senhor Vereza,
Fico feliz por ver que está com um blog oferecendo a oportunidade de seus admiradores conhecerem mais sobre os seus pensamentos.
Pena que, como li numa entrevista que Carlos Vereza prefere a boa e velha máquina de escrever, fica difícil acreditar que esse blog não pertença a um fake.
Caso eu esteja errada (e prefiro estar!), envio-lhe um terno abraço e bênçãos de uma humilde fã de Fortaleza - Ceará.
BEN.

SARASWATTI disse...

Prece a Bezerra de Menezes:

http://www.scribd.com/doc/20264734/Prece-a-Bezerra-de-Menezes

BEN