Carlos Vereza

Loading...

MENU

Navegue pelas veredas do Vereza clicando nas opções abaixo:

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

DOIS ACONTECIMENTOS QUE MUDARAM O MUNDO

Em 31 de Março de 1848 o mundo deixou de ser o mesmo. Karl Marx e Frederick Engels lançam o Manifesto comunista propondo a transformação da sociedade capitalista através das lutas de classes e a mudança radical dos meios de produção.
Neste mesmo 31 de Março de 1848, em um subúrbio humilde de Nova Yorque, Hydesville, duas jovens, Kate, nove anos, e,  Margareth, doze anos, as irmãs Fox trazem à luz o que poderemos chamar de o Espiritismo contemporâneo.
Sobre Marx e Engels sabemos o suficiente sobre suas convicções de que a Revolução eclodiria na Inglaterra, o que não ocorreu, sendo, para surpresa dos dois vindo a acontecer na Rússia Czarista iniciada por um motim no Encouraçado Potenkin.
Em Hydesville, Kate e Margareth  começaram a ouvir pancadas provenientes do porão de sua casa. As batidas apresentavam uma certa regularidade. Com o tempo, as meninas passaram a responder aos toques e estabeleceu-se um estranho diálogo que revelava a presença de alguém sob o assoalho da residência. Este alguém, através dos “raps”, apresentou-se como o espirito de um caixeiro viajante e afirmara que fora assassinado nesta mesma casa por inquilinos anteriores.
Escavado, tempos depois o porão, é encontrado um cadáver em avançado estado de decomposição. A noticia correu como um rastilho de pólvora chegando à Europa, onde se iniciavam as reuniões das mesas girantes ou falantes, com a presença de um cético – Hippolite Léon Denizard Rivail – que convencido da existência de ação espiritual sobre os fenômenos, foi escolhido pelo Espirito de Verdade para ser o Codificador da Doutrina espírita, então com o pseudônimo de Allan Kardec.
Sobre a teoria de Marx e Engels, generosa enquanto concepção, fracassou como experimentação em todos os países onde foi aplicada.
Carlos Vereza.

Nenhum comentário: