Carlos Vereza

Loading...

MENU

Navegue pelas veredas do Vereza clicando nas opções abaixo:

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

BUCK: REFLEXÕES...

...Amaro acordou sem precisar o tempo que ficara desacordado. O corpo lhe doia com fisgadas intermitentes. Estava nú. Encarcerado numa minúscula gruta gradeada. O odor não desaparecera, fazia parte da gruta, fazia parte de Amaro. Chorou como nunca em toda a sua vida. Chamou por sua sua mãe, por Clodiete. Apenas a sua voz retornava em eco. As acusações de ser assassino e a imagem de Groncho passavam incessantemente como um filme em seu cérebro. "Assassino!" Admitia que todo o seu patrimônio aumentara consideravelmente depois de sua admissão ao partido. Entendeu imediatamente como " funcionava" o sistema, e em pouco tempo galgara posições que lhe permitiam acesso com facilidade às finanças dos companheiros. A agremiação, que alardeava representar os trabalhadores, em verdade tinha como projeto a perpetuação no poder. As "funções" de Amaro eram simples: arrecadar doações de empreiteiros, e em troca dar prioridade a esses parceiros, com licitações forjadas, e os aditivos de sempre, e claro, os indefectiveis 10% em dinheiro vivo para as maõs de Amaro, que como já foi dito, não aceitava cheques nem depósitos, que ele não era bobo nem nada...Buck, era o que se poderia classificar, de uma lealdade a toda prova. Sabia das ações violentas do "braço forte" do partido; ouvira qualquer coisa sobre a morte pouco comentada de dois prefeitos, que, parece, tinham discordado de certas "diretrizes" da cúpula prtidária. Mas Buck não tinha nada a ver com essa estória - pelo contrário -, agia como os três macaquinhos: nada via - nada ouvia - e nada falava...E com este comportamento ia conquistando a confiança do lider maior, fundador aliás do - digamos- partido...Seu pensamento voltou ao dia em que fora recrutado. Sinceramente, aceitou por ideais, por convicções; mas lá dentro foi percebendo que o discurso era para consumo externo, e depois...Suas reflexões foram brutalmente imterrompidas. As grades se abriram e duas "formas" arrastaram brutalmente Amaro por um comprido e igualmente nevoento corredor em direção que parecia levar à "praça" para mais um memorável encontro com Groncho - o ovóide de cabeça em chamas...

Nenhum comentário: