Carlos Vereza

Loading...

MENU

Navegue pelas veredas do Vereza clicando nas opções abaixo:

domingo, 7 de junho de 2009

O Ator

“...Eu amo os atores nas suas alucinantes variações de humor, nas suas crises de euforia e depressão. Amo o ator no desespero de sua insegurança, quando ele, como um viajor solitário, sem a bússola da fé ou da ideologia é obrigado a vagar pelos labirintos da sua mente, procurando no seu mais secreto íntimo afinidades com as distorções de caráter que seu personagem tem...” Plínio Marcos

Um comentário:

•´¯¥¯`•Vento Carioca•´¯¥¯`• disse...

É muito bom passear por aqui.
A sua escolha para assinatura das postagens
(Nas veredas do Vereza)foi bem inteligente adorei.
Abraços
Jo Braga